terça-feira, 16 de setembro de 2008

Mais despedidas.

PARA TE LEMBRAR

DE JOTAGOMES

O DESTINO NOS SEPARA, A HORA CHEGA
E AFASTA TUA IMAGEM DE MEU CAMPO.
EU QUE MAIS FALAVA, QUE SE VEJA
COMO ALTERA MEU DESCANSO, APENAS OUÇO.

SE TUDO O QUE COMEÇA UM DIA FINDA,
ENTÃO, SERÁ SE ROMPE A AMIZADE?
OU AS GRANDES DISTÂNCIAS NÃO A ESCONDE,
OU O ESQUECIMENTO NÃO A ATINGE…

NÃO SERIA POR ACASO UM DESPAUTÉRIO
QUE A AMIZADE QUE SE SUPÕE ETERNA
A DISTANCIA ENTÃO IMPERA E SEU FIM CHEGA?

OU FAZ PARTE IMPORTANTE DO MISTÉRIO
E QUE SE ASSIM TEM FIM, ESTE NÃO CHEGA
NÃO SE DESFAZ O QUE JÁ É ETÉREO.

PARA JEFFERSON VAZ

Nenhum comentário: